sábado, 31 de dezembro de 2011

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Quando alguma coisa é do tempo do Marquês de Pombal, não se diz que é velha, diz-se que é vintage.
De há uns tempos para cá, os dias parecem semanas, de tanto que custam a passar; as semanas parecem meses, de tanto que se arrastam.
Mas vai-se a ver e já é Natal outra vez.
E mais uns dias e estamos à beira de um novo ano, que se espera sem esta nuvem de crise e depressão e negativismo e pessimismo em que teimam em nos manter todos os dias.
Há algum tempo atrás, o povo queria-se estúpido. Assim era mais fácil governar. E é verdade. Gente esclarecida é do mais chato e incómodo que pode haver.
Agora o povo quer-se deprimido, desgraçadinho, pessimista, pobrezinho.
Sou por natureza optimista, ou lunática e sonhadora como alguns preferem. Mas que seja. Recuso-me a cair nesta depressão. As coisas têm sempre um lado menos mau e é esse lado que eu procuro sempre.
Bora lá levantar essas cabeçorras deprimidas e dar a volta a isto!

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Pensando bem, lá estou eu a exagerar.
A noite de Natal é só daqui a 4 dias... e afinal até já sei o que comprar!
Calma, é preciso é muita calma!
Estou em modo Natal e com uma ENORME dificuldade em me concentrar.
Ponto de situação:
- 3 presentes HandMade prontinhos a embrulhar;
- 1 presente HandMade em processamento;
- 2 presentes encomendados (espero bem que cheguem até dia 24, se não lá terei de recorrer aos cachecóis polares a 50% da sportzone);
- 1 presente comprado;
- muitos presentes ainda por comprar.
Neste cenário, não admira a dificuldade de concentração!

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

sábado, 17 de dezembro de 2011

O português é o mais irritante de todos os povos.
Se não reparem.
O meu prédio é o arraial que tantas vezes já aqui descrevi. Um verdadeiro carrossel, uma surpresa constante, que isto da rotina mata as pessoas.
Hoje de manhã quando saí de casa, reparei que o elevador estava, mais uma vez, avariado. A última vez que isto aconteceu tive de passear entre a 3ª cave e o 5º andar, a pé. O que faz muito bem, sim senhor, mas é pouco cómodo. Como o copo não tem de estar meio vazio, durante esse mês fiz uma poupança considerável e comprei apenas o essencial para viver, já que carregar compras às costas não é fácil. Adiante!
Hoje o elevador estava, outra vez, morto.
Agarrei no telefone e participei da avaria.
Durante a tarde, voltei a sair de casa e encontrei 2 vizinhos à conversa, precisamente sobre o transtorno de não haver elevador outra vez.
Entretanto, diz um deles:
- Já estamos outra vez sem elevador. E agora no inverno, que é preciso carregar lenha, é complicado. Da outra vez estivemos mais de um mês assim. Agora não pode ser. Eu até já tirei o nº da assistência, mas ainda não liguei, nem sei se já alguém o fez!

Pois, também não é preciso participar avarias. A empresa dos elevadores descobre sozinha as avarias que existem, depois estala os dedos e repara as coisas.
Que falta de paciência!
O português merece mesmo é ser maltratado. Reclamam, dizem que as coisas estão mal, que isto e que aquilo, mas tomar uma atitude, tá quieto!!!!!!!
Estou fartinha de dizer que se tivesse oportunidade de governar, ficaria na história como a pior das ditadoras. Mas a verdade é que o português merece! Cambada de gente pequenina.

Sabes que és uma pessoa com problemas...

quando o aspirador é o teu electrodoméstico preferido!

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Coisas que Eu Oiço de Vez em Quando

Duas pessoas na rua, junto à passadeira. Uma delas tinha uma mala de viagem (PCMV), a outra não (PSMV).

PSMV - Então? vais para Coimbra?
PCMV - Vou e tu? Ainda não foste?
PSMV - Não!

Mas a resposta não era óbvia?

Coisas que Eu Oiço....

... mas que mais valia nem ouvir.
Numa conversa de café falava-se coisas sem sentido. Até que alguém diz que se um dia tiver um filho, preferia que ele fosse toxicodependente a homossexual, já que por um filho toxicodependente qualquer pai/mãe poderá fazer o que estiver ao seu alcance para que este abandone o vício.
Não consegui tecer nenhum comentário no momento, como não consigo agora.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Ouvi agora na rádio que as malas das mulheres têm, em média, 67 objectos.
Oi?
Consideraram cada uma das moedas, o cartão multibanco, o cartão de cidadão, os documentos do carro, cada um dos lenços de papel que vêm dentro de uma embalagem e todos os talões do multibanco que andamos a juntar desde 2006, só pode!
Mesmo considerando isso tudo, desconfio que a minha mala foge à média.
Se há coisa que o português gosta é de ser desgraçadinho.
Juntam-se duas pessoas e o melhor dos temas é, obviamente, doenças. A situação ideal é que se trate de doenças diferentes, para cada um enaltecer a sua como a pior do mundo, com sintomas excruciantes. Quando se dá o caso de ambas as pessoas sofrerem da mesma maleita, é preciso alguma imaginação, já que o que importa é sofra muito mais que a outra.
Ó fado!
Tal como a pessoas limitadas ou com falta de inteligência, também sofro de falta de tolerância a pessoas de tal forma carentes, que qualquer coisa serve para chamarem a atenção dos outros.

domingo, 11 de dezembro de 2011

O Natal pode ser uma época de reflexão.
Só para ser diferente, preferi torná-lo numa época de constatações.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

No meu dia-a-dia tenho oportunidade de lidar com pessoas que vêem em tudo um problema.
Eu sou, por natureza, uma pessoa prática, com pouco tempo a perder. Mas estas pessoas fazem de mim uma pessoa ainda mais prática.
Enquanto se lamentam, eu tento resolver. Se há coisa em que sou boa, é a resolver problemas. Afinal, nem tudo há-de ser mau.
Mas porra, paciência tem limites!!!!!!!!!

Espírito de Natal #8

Querido Pai Natal,
eu sei que esta coisa das motos eléctricas e de ter de ficar ligada à ficha até ficar carregada não me convence.
Mas o verde desta BMW Concept E conquistou-me. Eléctrica, amiguinha do ambiente, lindaaaaaaaaa..........

Espírito de Natal #7

Querido pai Natal,
esta pequena BMW C 650 GT é tão, mas tão linda...
Ah! e não vale dizer que não pode ser, que a Besbi vai ficar magoada com a troca, que o capacete superfashion rosa choque às bolinhas não fica aqui bem.
A Besbi trocou-me... logo, quem está magoadinha sou eu. Este era um bom miminho, ajudava-me a esquecer a ingratidão num instantinho.
E o capacete superfashion continua a ser superfashion!

Christmas Is All Around

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Hoje Amanheceu Assim

Não é novidade que a minha tolerância para gente diminuída da inteligência é curta, muito curta.
Quando numa só pessoa se junta estupidez e incompetência, a minha tolerância desaparece.

Sabermos exactamente o que vai acontecer, ou o que alguém vai dizer é enfadonho!
Gosto do efeito supresa, gosto da imprevisibilidade, gosto da diferença!

Espírito de Natal #6

Querido Pai Natal,

sabes como a menina gosta de sapatinhos.
E estes são baratinhos e feitos em Portugal. Ficamos tod@s a ganhar.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

terça-feira, 29 de novembro de 2011

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

sábado, 26 de novembro de 2011

Pensamento para hoje:
"As lareiras bem que podiam vir com um sistema de autoclean"!

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Em resultado de um exaustivo estudo, é possível concluir que o nível de brejeirice de cada indivídu@ é directamente proporcional ao seu estridente tom de voz.
Isto parecendo que não, está tudo relacionado!

TMN Natal



Já cheira a Natal.

Espírito de Natal

Tradicionalmente, hoje é dia de começar a divulgar a minha lista de prendas de Natal.
Honestamente, este ano ainda não tive tempo para pensar nisso.
Mas também já sabem que eu sou uma pessoa cheia de necessidades.
Ainda assim, é minha obrigação "orientar" a vossa imaginação.
Prometo que vou trabalhar na lista de prendas, para que fique disponível o mais depressa possível.
Para verem como eu estou a falar a sério, fica aqui uma primeira ideia.

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

O Espírito Tuga

O Espírito Tuga é qualquer coisa de inexplicável e inigualável.
Hoje é dia de greve geral.
É um facto que há um mal estar geral, um sentimento de injustiça fortíssimo e que as razões para mostrarmos a nossa indignação são mais que muitas.
Respeito e aceito o direito à manifestação.
Contudo, sou, por princípio, contra greves. E a razão é mais básica do que possam imaginar: se me sinto insatisfeita porque me reduzem o salário, aumentam os impostos, aumentam o horário de trabalho e sei lá mais o quê, não aceito mais uma penalização.
Estas são as minhas razões. Tão válidas como outras quaisquer. Mas adiante.
Hoje no facebook é ver pessoal a vangloriar-se por estar a trabalhar em dia de greve e a contribuir para tirar o país da crise. Muito bom.
Mas não será isso um dever de todos e de todos os dias?

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

O mundo divide-se entre as pessoas que preenchem o espaço das habilitações com "curso superior" e as outras.

domingo, 13 de novembro de 2011

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

HandMade

Pregadeira em azul
Muito bonito é ver recém-licenciados que não conseguem formar uma frase correctamente.
Mas, quando já percebemos que não sabem a diferença entre naturalidade e nacionalidade, nem sabem preencher uma ficha de identificação pessoal, pedir que formem uma frase correctamente é esticar a corda!
Se este blog tivesse sido criado hoje, não teria este nome, certamente!

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Hoje preciso de mimo. Muito.
Sentimentos para hoje:
- Revolta;
- Desilusão...
So far...
Balanço até ao momento:
Olhos colados; pontapé na Rita enquanto ela "me dizia bom dia" e aguardava o pequeno-almoço; 2 chávenas angel wings partidas (já só sobra uma)...
Não escorreguei na banheira; não morri afogada enquanto lavava os dentes; não morri electrocutada enquanto secava o cabelo; não fui atropelada enquanto atravessava a estrada...
So far so good...

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Fazer jantar, aspirar a casa, passar a ferro, lavar roupa, estender roupa....
Tanta sopeiragem num dia só!
Como a almofada estava demasiado longe da lareira, a Rita não foi de modas e arrastou a sua manta para cima da lareira!
Fantástica esta gata!
Conseguimos definir o perfil de alguém pelos sapatos que usa.
As coisas que uma observadora que adora sapatos vai aprendendo.
Definitivamente, há que desconfiar de pessoas que não sabem a diferença entre naturalidade e nacionalidade!

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Temos a certeza que as pessoas não têm lugar na nossa vida, quando não despertam em nós nenhum tipo de sentimento.

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Eu sei que é chato, mas não se pode ter o melhor de 2 mundos.
A vida é feita de escolhas!

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Esta noite acordei com o barulho da chuva e da trovoada.
De repente julguei que estava a dormir à beira mar. A rua estava completamente inundada e havia ondulação.
E não, desta vez não estou a exagerar!

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Parece-me a mim que o sucesso de uma ditadura depende mais da inteligência, ou falta dela, dos subjugados do que das competências do ditador.
Bem prega Frei Tomás. Faz o que ele diz, não faças o que ele faz.
Mais uma vez a boa e velha sabedoria popular!

Angie Explica #2

O que fazer quando um cliente está insatisfeito?
Quando um cliente se mostra insatisfeito e quer apresentar uma reclamação, a melhor maneira de resolver a questão passa por, em primeiro lugar assumir que o cliente só está insatisfeito porque a loja em causa fez asneira da grossa e depois, qual cereja no topo do bolo, dizer-lhe que não lhe vai dizer mais nada e "é aguardar se quiser", pois já reparou que o cliente se está a "marimbar para o que se lhe possa dizer".
Competência e profissionalismo a toda a prova e sempre que precisarem, no Bricomarché da Covilhã.

terça-feira, 1 de novembro de 2011

HandMade

T-shirt básica (neste caso a t-shirt também é da Mango) com aplicação, desta vez em branco.

HandMade

T-shirt básica (neste caso a t-shirt é da Mango) com aplicação.

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Noite de lareira e castanhas assadas.

Lote 7 ou Até Para Ser Amante É Preciso Ter Sorte

Ora, que no que respeita a efeito surpresa o meu prédio é o melhor do mundo, já não é novidade.
Mas hoje dei por mim a pensar que aqui, até para se ser amante é preciso uma boa dose de sorte!
Depois de um elevador que este morte e inerte quase um mês e tantas outras pequenas coisas, que proporcionam ao morador maravilhosas e inesquecíveis experiências, chegou a vez de quer campainha, quer videoporteiro descansarem um bocadinho.
Logo, se nada disto funciona, a única maneira de se entrar no prédio, é mesmo tendo chave. Assim, as visitas têm direito a ser recebidas de forma diferente e personalizada. Cada vez que chega alguém, é necessário ir abrir a porta do prédio. Em quantos prédios é assim? Aqui é ou não é especial? Claro que é!
Contudo, este processo personalizado põe em causa a descrição necessária às relações extraconjugais. Que o diga a senhora que hoje teve de "berrar", do meio da rua, para que eu lhe deixasse a porta aberta para poder entrar no prédio!

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

E não é que quando queremos e acreditamos, as coisas acontecem mesmo?!
Os tempos são de crise e contenção.
Por isso, reduzir substancialmente o número de pessoas que vão receber presentes de Natal este ano.
Já estou arrependida. Assim sem ter de pensar muito, corria tudo a Rennie e Dulcolax!

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Há pessoas que me irritam, mas nada que não se resolva com uma boa dose de indiferença.
E depois há outras que não só me irritam, como conseguem despertar o que de pior há em mim e me faz ter vontade de as espancar até se calarem.

Já Neva na Serra

Adoro o inverno e o frio.
Lareira, castanhas assadas, geropiga, vinho tinto.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Se há coisa que me enerva e muito, é em algumas situações, só termos atenção depois de perdermos a educação por completo.
Passo a explicar.
No início deste ano mudei de casa.
Como é natural ficaram avarias por resolver, chaves por entregar, lugares de garagem por identificar. Isto para já nao falar nas desgraças que acontecem diariamente neste prédio. Mas temos de ver as coisas pelo lado positivo, aqui não há rotina e reina o efeito surpresa. A cada regresso a casa, as perguntas impõem-se: a campainha funcionará? e a porta de entrada, abre? e o elevador, continua vivo? conseguirei sair da garagem? Enfim... um sem fim de emoções!
Bem, mas como dizia, aqui é preciso perder a educação para ver soluções.
Comecei por contactar a empresa construtora uma vez por mês; depois quinzenalmente; depois semanalmente e por fim diariamente. Nunca obtinha qualquer resposta. Entretanto, perdi a paciência e resolvi insultar a primeira pessoa que me atendeu o telefone. Voilá! Portão da garagem a funcionar, visita do técnico para identificar as avarias.
Mas a saga não fica por aqui e continuava a faltar a chave do sótão (o que resulta numa despensa atulhada até ao tecto), a identificação dos lugares de garagem e o pagamento de uma inspecção que se deveu à falta de comparência de um técnico.
Ora, continuam as reclamações diárias e... nada.
Hoje voltei a perder a paciência e ser um pouco menos educada (do que já tinha sido uma vez) com a pessoa que me atendeu o telefone.
E então? Perguntarão vocês.
Então que ainda estava ao telefone e já tinha um mail a pedir-me um NIB para fazerem o reembolso da quantia que paguei. E agora chegou a chave do sótão.
E agora pergunto eu: era necessário perder a educação para resolver coisinhas tão simples?????
Eu não fico nada satisfeita por ter de me comportar desta maneira, mas aqui é a única maneira de fazer alguma coisa funcionar.
- Adormecer com o barulho da chuva;
- Acordar com sol depois de uma noite de chuva;
- Sentir o friozinho da manhã...

sábado, 22 de outubro de 2011

Oficina de Chá

Hoje foi dia de chá das 5.

 Fantástico. Chá com pipocas e malaguetas. O mais diferente de todos.
 Mas o objectivo não era o chá?
Este povo não pode ver uma marmita de borla. Foi vê-los atacar!
Chás, infusões, tisanas.
Verde, preto, vermelho, frutado, herbal.
Seja o que for, o importante no chá é mesmo o ritual.
Fiquei com água na boca e uma ideia para o próximo aniversário.
Parabéns à "Casa da Esquila" pela iniciativa!

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Feriado Municipal!
Ai tão bom!
Parabéns à Covilhã.
Por muito chato, desmotivante, maçador, aborrecido, cansativo que seja o dia (ultimamente os meus têm sido todos assim), sabemos que correu bem quando sentimos, do outro lado do telefone, o sorriso de alguém que nos diz "que boa notícia me deu agora".

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Naturalidade - Portugal
E se eu perguntar a nacionalidade? Respondem-me CVL???
Isto é grandeza senhores!

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Pergunta Para Hoje #4

Mas porque é que quando eu digo as coisas, as pessoas fazem de conta que não me ouvem?
Há coisitas tão desnecessárias!

Estava eu aqui a pensar no que raio haveria de vestir amanhã, quando me lembrei de qualquer coisa.
Fui ver e, invariavelmente, estava por passar. Estar lavada já é uma grande sorte.
Esta empregada doméstica é a miséria das misérias!
Bem, mas dizia eu que me lembrei do que havia de vestir, mas era preciso passar a ferro.
Até aqui tudo bem!
Ora, estava eu na fantástica tarefa doméstica de passar a ferro, quando o ferro explodiu. Com direito a faísca e cheiro a queimado!!!!!!!
Desta vez sobrevivi, mas ninguém me tira da cabeça que vou acabar por morrer vítima de um acidente doméstico!
Parece que é desta que passo a usar a roupa engelhada! Este era o estímulo que precisava para pôr este meu projecto em prática!

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

O tempo, que é como quem diz a experiência, tem-me ensinado que cada trabalhador é o reflexo da sua entidade empregadora.
É por essas e por outras que cada dia tenho mais vontade de mudar de vida.

O dia ainda não vai a meio e eu já estou para lá de cansada!

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

No mundo, há as pessoas que dizem (escrevem) "ouve uma festa" e as outras.
Pedro,

Se me obrigarem a trabalhar mais tempo, mato-me.

Sem mais.

Desta tua contribuinte, que até tinha grande estima por ti.

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Em tempos de crise reinventamo-nos e definidos novos limites. Isto é, com alguma criatividade e imaginação vamos até onde costumávamos ir, ou até mais longe, mas com um orçamento mais limitado.
Eu decidi pôr uma boa parte do comodismo de parte e passei a andar muito mais a pé.
Por exemplo, quando preciso de ir às compras, vou a pé. Assim compro muito menos do que habitualmente acontecia, afinal há um regresso a casa para fazer e, quanto mais pesarem as compras, mais dificíl será. Logo, a falta de carro apela à contenção.
Por outro lado, se o carro ficar em casa não há consumo de combustível. Ou melhor, há! Mas é um consumo benéfico. Que não só é amigo do ambiente, já que não emite nenhum tipo de poluição, como permite o consumo de calorias!
Bem, mas isto da poluição é uma coisa relativa!
Isto parecendo que não, está tudo ligado!
Já fiz a boa acção de hoje. Ajudei a orientar (geograficamente, entenda-se) uma alma que andava perdida aqui pela cidade neve.
Pronto, agora posso voltar a pecar!

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Um bom segredo para a casa dos segredos: sou mentirosa compulsiva.
Ainda é possível mandarem para lá uma alma daquelas que fica a dever pouco à inteligência?

O Que Aprendeste Ontem #3

Ora pois que ontem aprendi que todos os sentimentos são válidos.
Importa é motivar!

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Sabes que tudo funciona na perfeição, quando a newsletter é o meio de comunicação privilegiado.
Como motivar equipas em três sessões, se alguém precisar de ajuda avisem!
Querid@s Senhor@s do Facebook, tenho uma proposta para vos fazer.
Ora, tenho constatado que cada vez há mais pessoal a escrever que é uma desgraceira. E, parecendo que não, isso é uma coisa que fica mal.
Há casos em que ainda é possível fazer alguma coisa e tentar ensiná-l@s a escrever correctamente. Outr@s são definitivamente casos perdidos.
E quando Maomé não vai à montanha, vai a montanha a Maomé!
Se o povo não consegue escrever correctamente, é necessário corrigir  os erros.
Essa é a minha proposta.Passar a ser uma espécie de corrector ortográfico.
Mas o que é que isso tem de inovador? Perguntarão vocês.
Em vez de assinalar o erro e sugerir propostas de correcção, assinalarei o erro e explicando a razão da incorrecção indicarei a alternativa correcta e que melhor se adequa ao contexto.
Posso até ser uma sonhadora, mas eu deposito grandes esperanças no Ser Humano!

The Gift - Primavera

sábado, 8 de outubro de 2011

Ele - Mas afinal o que é que te satisfaz?
Ela - Desafios, propostas aliciantes, fazerem-me lutar pelo que quero...
Ele - Hum...
Ela - Andas um bocadinho distraído! Já me tinhas feito esta pergunta! Lembras-te?
Ele - Lembro, mas tive esperança que alguma coisa tivesse mudado!
Ela - Pois, mas tu mesmo disseste que eu sou teimosa! Porque é que achas que alguma coisa teria mudado? 
Ele - Posso então depreender que....
Ela - Que o meu tempo e o meu espaço continuam a ser essenciais.
Ele - Nada mudou, portanto!
Ela - Se vires bem, mudou. Há algum tempo atrás teria respondido que já falámos sobre isto e, provavelmente, a conversa teria ficado mesmo por aí. Ah! e estou a tornar-me na melhor cozinheira do mundo!
Ele - Nisso tens razão. Há coisas que não mudam, sinto-te mais calma, mas a determinação é a mesma. A determinação não, a teimosia! Não cedes apenas por teimosia! E se agora já sabes cozinhar, nem sequer precisas dos meus cozinhados!
Ela - Pontos de vista diferentes!!!!! Ahahahahaah! Estarás a chamar-me interesseira, por acaso? Ahahahah!!! Olha, o arroz ainda não fica lá muito bem!
Ele - Interesseira!!!!
Ela - Não disseste que há coisas que nunca mudam? Não te podia desiludir!
Ele - Tens de ter sempre uma resposta?
Ela - O que é que disseste que te fez gostar de mim?
Ele - Continuas a não me desiludir! Gostas de lutar, mas principalmente de dar luta!
Ela - Bem, está na altura de dizer que já falámos sobre isto. É melhor mesmo a conversa ficar por aqui!
Ele - É que és teimosa!!!!!!!!!!!!!!!
E o dia começou com uma proposta/desafio.
Good ;)
Hoje foi dormir até desmaiar!
Adoro o sábado de manhã!

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Scissor Sisters - Fire With Fire

Reparei que já não temos banda sonora há algum tempo!

Ora então, aqui vai.
Hoje acordei assim!
Um dia serei rica!
Grão a grão..... já dizia a sabedoria popular.
E, como sabem, eu não contesto a sabedoria popular. Os antigos é que sabem!
1€ por cada erro corrigido!

Pergunta para Hoje #2

Dizia, uma vez, uma das pessoas mais competentes e organizadas com quem tive o privilégio de trabalhar que quando não há nada a dizer de alguém, diz-se que é boa pessoa.
E acrescentava, "e não julguem isto um elogio, muito pelo contrário". 
Volto a assinar por baixo. Impossível estar mais certo!
Mas... e quando nem isso podemos dizer?
Hoje é dia de dar os Parabéns à minha Avózinha!

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Outubro! 30º graus!
Este ano, em vez da habitual caruma, as castanhas serão assadas com o calor do sol!
Mudam-se os tempos....
Ai!!! Como é triste a vida de uma dona de casa!
Já tenho outra vez o verniz todo estragadinho!

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

À EDP,

Caríssim@s senhor@s, cumpre-me informar que, a partir de hoje, deixarei de pagar a conta da luz.
A queridíssisma taxa Euribor fez aumentar a minha prestação de crédito habitação no valor equivalente ao que habitualmente pago pelo fornecimento dos V/ serviços.
Ora, tendo em conta este acréscimo, há que estabelecer prioridades. Assim, parece-me mais sensato deixar de pagar a conta de luz.
Passo, portanto a explicar. Não quero que julgueis que estou a depreciar os V/ serviços. Não, muito pelo contrário. Todavia, se não pagar a totalidade da prestação da minha modesta habitação, o querido banco torna-me uma sem abrigo. Como sabeis, os sem abrigo não fazem contratos de fornecimento de electricidade, pois não?
Desta forma, estou a dar-vos a hipótese de manterem um cliente. E olhem que fidelizar e manter clientes nos dias que correm não é tarefa fácil! Mas adiante! Dizia eu que continuarem a fornecer-me energia é uma forma de me manterem como cliente. Como?
Tão depressa a querida taxa Euribor desça, assim voltarei a pagar a conta da luz.
Podeis, por isso, ligar ao simpático senhor de cabelo branco lá do BCE e explicar-lhe este V/ problema.
Grata pela compreensão.
Desta V/ cliente que tanto vos estima!
Quase preparada para me candidatar à PR.

domingo, 2 de outubro de 2011

sábado, 1 de outubro de 2011

O Que Aprendeste Ontem? #2

Ora pois, ontem aprendi que, na verdade, é a primeira impressão que realmente é a verdadeira!

Festival 5 Estrelas #1

Ontem foi dia de Festival 5 Estrelas.
Tudo muito arrumadinho, tudo muito organizadinho e sem confusões!
Parabéns à organização, portanto.
À organização e à Daniela e Músicos que a acompanham, que estiveram à altura das quase 20 pessoas que enchiam o pavilhão da Anil!
Hoje há mais! 

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Eu tenho aquilo que se pode chamar de "Computador da Dona de Casa".
Hoje, por exemplo, enquanto ele iniciou tive tempo para fazer a cama e preprar a salada para o almoço.
Se há dias em que isso não incomoda, há outros em que me deixa à beira de um ataque de nervos! Ou seja, uma dona de casa desesperada!
Aqui fica a marca dos calmantes que preciso. Agradecia colaboração, uma vez que sou uma pessoa pobre e a comparticipação que o estado dá aos medicamentos é cada vez menor!

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

HandMade

As Praxes

Se calhar não tenho estado muito atenta nos últimos anos. Ou isso, ou então as praxes este ano são mais visíveis à comunidade.
Ainda assim, aposto na pri meira hipótese. Sou eu que não tenho andado muito atenta.
Bem, seja como for, a verdade é que a cidade está mais preenchida, mais barulhenta.
Ainda ontem estava sentada numa esplanada e, na mesa do lado, estavam 3 jovens que não teriam mais do que 20 anos. Se tanto!
À sua volta, alguns caloiros amedrontados, enquanto os jovens cresciam e se sentiam gente importante.
Ao que parece, a praxe serve para dar lugar a jovens que não sabem muito bem o que andam por aqui a fazer e, entretanto, aproveitam para exercer o seu "poder" sobre os caloirinhos!
O ano de caloiro é suposto ser o melhor de toda a nossa vida académica. Serve para integrar os alunos numa comunidade que, na maioria das vezes, não é a sua; para lhes dar a conhecer um novo "mundo", uma nova realidade. Não para que meia dúzia de frustrados aproveitem para se sentir gente.
Eu recordo com a maior saudade o meu ano de caloira. Fui praxada por gente com muitos anos de academia. As temidas matrículas já com 2 dígitos. Os gigantes perante os caloirinhos novos, ignorantes e indefesos. Fomos tão bem tratados que recordo, até hoje, e com muita saudade o meu ano de caloira.

O Que Aprendeste Ontem? #1

Ora pois!
Ontem aprendi que, nunca, jamais, em tempo algum, se deve menosprezar uma intuição!
E os números do euromilhões? Só desconfiar quais serão. Vá lá!
Não sou uma pessoa popular.
Há pessoas com uma capacidade natural de criar empatia. Eu não tenho essa capacidade. Aliás, há poucas pessoas com quem crio uma empatia imediata. Ou desenvolvo antipatia, ou simplesmente não me despertam nenhum tipo de reacção ou sentimento.
No primeiro caso pouco haverá a fazer. Há poucas situações em que as pessoas me obrigaram a dar-lhe uma segunda oportunidade. Mas @s que conseguiram, conquistaram-me!
No segundo caso, ou fico pelo politicamente correcto, ou então acabo por perceber que a primeira impressão não foi a mais correcta. E gosto muito quando me surpreendem.
Ser agradável com todas as pessoas com quem tenho de lidar, seria obrigar-me a ser artificial. É quase contra a minha natureza. Atenção! Não quero com isto dizer que quem o faz é artificial.
Eu é que não sou, nem nunca senti necessidade de ser uma pessoa popular.
Julgo que isto não faz de mim uma sociopata. Mas prometo que, logo que tenha tempo, consultarei um especialista.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Cada vez sinto menos necessidade de agradar aos outros. Ou gosto das pessoas e me sinto bem junto delas e basta-me ser natural; ou se não gosto também não me esforço. A minha paciência para hipocrisias é cada vez mais limitada.
Desconfio que quando chegar aos 40 estarei uma ordinarona do pior.

O Novo Livro dos Porquês

Muit@s não se lembrarão do "Livro dos Porquês", uma pequena maravilha que fazia as delícias da miudagem das gerações de 70 e 80.


Parece-me que está mais do que na altura de uma nova edição, "O Novo Livro dos Porquês".
Aquele que tod@s conhecemos apresentava 500 questões que perturbavam bastante o nosso processo de desenvolvimento e as respectivas respostas.
Desta vez, proponho algumas das questões que atormentam o meu dia-a-dia, com a respectiva proposta de melhoria, já que a resposta é coisa que tenho procurado incessantemente, mas não há maneira de a encontrar. De modos que, quem não tem cão caça com gato. E vai daí, aqui ficam algumas das primeiras.
1. Porque raio temos de trabalhar?
Não seria bem melhor cada um de nós ter, logo assim à partida, um plafond mensal? Depois era uma questão de o gerir o melhor possível. Claro está que esta medida genial não impedia ninguém de exercer uma actividade laboral! Quem quisesse aumentar o seu plafond mensal, pois poderia muito bem trabalhar. Mas em vez de uma obrigação, esta actividade passaria a ser encarada como um hobbie, mas muito melhor, porque seria um hobbie remunerado. Aposto em elevadíssimos indices de produtividade! Pensem nisto!!
2. Porque raio temos pêlos?
Não seria bem melhor cada um de nós vir limpinho dessas coisas? Quem quisesse um bom sovaco à sueca, ou uma bigodaça de impor respeito, só teria de fazer o devido requirimento ao Departamento da Criação e pedir. 

To Be Continued...

@Sortelha







sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Sexta-Feira!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Férias na próxima semana!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

- Pessoas que se fazem de parvas;
- Pessoas realmente parvas;
- Pessoas falsas ou pouco naturais;
- Pessoas incompetentes.

Afinal isto não são coisas que me irritam. São coisas que me irritam mesmo muito!

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Sorte e azar não existem.
Existe conhecimento, empenho, motivação, perfeccionismo e os devidos resultados.
Pois que a cerveja hidrata tanto como a água e... melhor ainda! O seu consumo não tem nada a ver com o aumento da barriga!
Ah!!!!!!!! Como eu gosto de estudos científicos!
A minha moral hoje está  bem lá em cima!

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Hoje aqui fica um grande conselho.
Não ofendei portas onduladas, paredes e outros que tais.
Odi et amo.
Quare id faciam fortasse requiris.
Nescio, sed fieri sentio, et excrucior.
                                                                      Catullus

E é isto!
Ontem tive mais uma grande ideia!
Aliás, grandes ideias é mesmo coisa que não me falta!
É isso e vontade de mudar de vida!

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Ora, já não é novidade a minha memória de peixe e a tendência para ataques de alzheimer! Por isso, é perfeitamente natural ir às compras e trazer apenas metade daquilo que realmente preciso.
Foi exactamente o que aconteceu ontem. Fui às compras e esqueci-me de comprar uma lâmpada para a cozinha, que esteve 2 dias à luz de velas.
Uma cozinha à luz  de velas é engraçado, que é, mas pouco prático.
Assim, hoje quando saí do trabalho, lá fui eu ao continente comprar a única coisa que me faltava: uma lâmpada.

Nesses entretantos....
S1 - Olá está boa?
A - Sim e tu?
S1 - Também! Eh! vieste de propósito comprar uma lâmpada?
A - Sim.
S1 - Deves precisar mesmo dela!
S2 - Olá como estás?
A - Estou bem e tu?
S2 - Também! eh! vieste comprar só uma lâmpada?
A - Parece que sim!
S2 - Deves precisar mesmo dela!

Não, não precisava mesmo da lâmpada! Fui às compras apenas porque isso me dá um gozo do caneco! Aliás, não preciso de nada daquilo que compro...
Se eu estivesse a comprar uma caixa de tampões, pensos higiénicos, uma alface, ou um pack de cervejas APENAS, alguém teria achado uma coisa absurda ir às compras e comprar apenas uma coisa????? Qual é o problema de comprar uma coisa de cada vez??????

Jorge Palma - O Bairro do Amor



Hoje apeteceu-me!

sábado, 17 de setembro de 2011

Já não faço nem ideia de quanto tempo passou... Mas até os teus gestos são os mesmos.

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Porra para os duendes da noite!
Sujam e desarrumam a casa; bebem a água e o leite; comem o pão de sementes e as latinhas de comida da Rita...
Eu juro, mas juro mesmo... Se tocam na cerveja, nem sei que vos faço.
Tudo muito certinho, querida Pipoca! Mas se nós não pudermos exercer a milenar arte da  filha da putice* sobre outras mulheres? Que utilidade lhe daremos?
A maioria dos homens jamais perceberá que estamos a ser realmente "cabras". Quando muito, dirão que estamos descompensadas, que é tpm, que estamos a fazer um filme, tétété... whatever! Nada de novo!
Com as mulheres é diferente!
Só as mulheres têm a capacidade cirurgica de identificar "calcanhares de Aquiles" e depois tirar disso o melhor partido. (Somos umas oportunistas? Somos! Mas não é isso que está em causa neste momento!)
E agora dirão, "quem tem telhados de vidro não atira pedras". Também é muito verdade!
Perfeccionismo e melhoria contínua! Ora aqui está uma boa aposta! Ah pois! que isto não é para quem quer, é para quem pode!
A solidariedade feminina não é um mito, é uma utopia! Logo... cada uma de nós tem de saber identificar os seus pontos fracos e, se possível, torná-los pontos fortes. Quando isso não é possível, há que protegê-los o melhor possível e estar pronta sempre para o "ataque".

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Mas por que raio o povo usa o facebook para destilar ódiozinhos?
Ando há anos a trabalhar no chamado filtro.
Ninguém nos pode proibir de pensar, mas há que ponderar antes de verbalizar!
Não é que o meu filtro funcione na perfeição. Nada disso. Aliás, de vez em quando lá sai uma daquelas barbaridades totalmente irreflectidas, ainda que muito a propósito. Enfim....
Mas o problema hoje é o contrário.
Onde raio é que desligo o bendito filtro! Hoje parece-me um bom dia para passar por parva desbocada e sem sentido de oportunidade...
É quase como ir às compras e comprar, num só dia, uns óculos de sol, uns sapatos e uma mala!!!!!
Um sonho que não pode acontecer todos os dias (nem todos os meses :(, ai como é triste ser pobre!!!!), mas a que tod@s temos direito de vez em quando.
Mas hoje não me apetece ir às compras, apetece-me mesmo é desligar o filtro!
Um dia destes achei que estava na altura de arranjar paciência para praticar yoga.
Depois ocorreu-me que praticar tiro ao alvo pode ser bem mais libertador.
Parece-me que é altura de concretizar!
Quando não é defeito, pode ser feitio.... mas também pode ser falta de educação.
Aposto na segunda hipótese!

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Não é possível salvar quem está determinad@ em morrer afogad@.
Por mais que @ tiremos da água, vai acabar por se atirar novamente!

Isto não passa, obviamente, de uma metáfora.
Mesmo assim, só podemos ajudar quem tiver vontade de mudar. Enquanto isso não acontecer, tudo não passará de esforço desnecessário e inútil.
Eu - Bom dia! Queria saber se é possível marcar para fazer unhas de gel, durante o dia de hoje!
Esteticista - Não há marcações! Se quiser, vem e espera!
Eu - Não quero, obrigada!

O que eu gosto deste tipo de atendimento!!!!!!!

terça-feira, 13 de setembro de 2011

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

De vez em quando é preciso fazer limpeza.
Depois das janelas, agora é a vez de limpar o que me aborrece.
Chega de más energias!

domingo, 11 de setembro de 2011

11 de Setembro 10 Anos Depois (2011)



Julgo que o dia 11 de Setembro de 2001 ficou, para sempre, na memória de todos nós.
Deve ser difícil encontrar alguém que não consiga lembrar-se exactamente do que estava a fazer quando teve conhecimento do atentado, do que fez nesse dia, do que pensou sobre aquilo...
Lembro-me de ver na televisão os aviões a embaterem nas torres, mas não perceber muito bem o que estava a acontecer e, por isso, não prestar grande atenção; lembro-me do alvoroço que começou a criar-se com as pessoas a dizerem que aquilo era o início da 3ª Guerra Mundial; lembro-me da apreensão de todos e de um resto de dia passado em frente à televisão a tentar perceber o que realmente se passava...
Tinha acabado entrar no mundo do trabalho, cheia de ansiedade e vontade de iniciar o meu primeiro ano lectivo como professora...
Passaram 10 anos..
Hoje amanheceu assim ;)

sábado, 10 de setembro de 2011

Hoje foi dia de marketing pessoal. Estava à espera de mais, confesso! Mas vamos aparecer na RTP 1 um dia destes!
Nem tudo ficou perdido! O marketing deixou a desejar, mas haverá publicidade gratuita!


E também foi dia disto!
Bonito serviço!
É só impressão minha, ou o Presidente da Câmara de Lisboa deu em falar à Paulo Bento?
Ah! Como é generosa a Lei da Compensação! 

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Dizei-me pois, homens do meu coração, como sois vós capazes de aturar mulheres?
Todas elas de uma forma geral têm a capacidade de tirar do sério o mais pacato dos seres. Basta que queiram!
Mas há exemplares capazes não só de aborrecer, mas principalmente de despertar uma enorme vontade de lhes bater! 

OFFICIAL Somewhere over the Rainbow - Israel "IZ" Kamakawiwoʻole



Banda Sonora para Hoje...
A ver se a coisa melhora...
Hoje o dia promete!
E eu que até acordei bem disposta e tudo!
Porra para as energias negativas!!!!!
Se calhar vou começar a beber actimel!
O meu frigorífico é uma lástima!
Só lá falta cerveja de lata!

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Um dos meus passatempos preferidos é observar.
Se calhar porque tenho de lidar diariamente com pessoas, gosto de observar comportamentos.
Definitivamente, há características impossíveis de dissociar das profissões de cada um de nós!

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Quando falamos de coisas que não conhecemos, podemos ser apanhados na curva!

Provérbio popular acabadinho de inventar por mim agorinha mesmo.
Apetece-me mudar de vida!

domingo, 4 de setembro de 2011

Não chegavam os cabelos brancos (que já são aos milhares), não é que a idade está a tornar-me numa conservadora?
Uma pessoa está sujeita a cada coisa!!!

terça-feira, 30 de agosto de 2011

O português é um ser que sabe sempre de tudo e tem sempre uma opinião fundamentada sobre as coisas. O português sabe sempre porque ouviu dizer.
#$%"(?»«)/&@
Argh! Isso é que me enerva!!!
Queridos duendes da noite, temos que ter uma conversa. Mas uma conversa muito séria.
Até os vidros eu limpei.
Se vos apanho novamente a sujar a minha adorável e extremamente limpa casa, asso-vos no forno!

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Ouvi ainda agorinha...
E ainda estou em estado de choque...
- "Na Líbia as coisas não estão bem!"
- "E agora começou no Chile. Estes países asiáticos são uma desgraça!"
E o relógio qe não anda???

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Não concordar não significa, obrigatoriamente, estar contra. Há gostos e vontades divergentes.
Respeitar passa por aceitar as opiniões dos outros, ainda que estas sejam contrárias à nossa vontade.
Vamos lá aprender a aceitar um não.
Arre que há gente inconveniente!

terça-feira, 23 de agosto de 2011

segunda-feira, 22 de agosto de 2011