quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

A M'nha Reforma - Vasco Palmeirim featuring Aníbal Cavaco Silva



Ahahahahahahahah!
Eu queria o Stevie Wonder
Mas não tenho dinheiro para mandar cantar um cego!
Muito, mas muito bom mesmo!!!!!

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Estou deprimida.
É sempre assim, a paixão deixa-me, invariavelmente, deprimida.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

domingo, 22 de janeiro de 2012

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Há coisas que surpreendem pela positiva, outras nem tanto! Mas primeiro estranha-se, depois entranha-se.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Adoro o Inverno; adoro a neve; adoro o frio a bater na cara...
Mas na rua.
Em casa devia estar sempre uma temperatura tropical. Tudo comparticipadinho pelo governo, claro está! Que nos quer felizes, contentes, animados e motivados!
Dai-me paciência Senhor!!! MUITA!!! Mas MUITA mesmo!!!

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Quando o trabalho de alguém deixa de me agradar, invariavelmente, a própria pessoa acaba por mostrar que eu estava certa.
E eu nem tenho de fazer nada. Só esperar para confirmar.
Sabe ainda melhor do que uma situação de "eu bem te avisei".
É perverso. Muito. Eu sei. Mas é mais forte que eu.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Como fazer uma mãe feliz?
Ir com ela às compras, entrar na Lanidor e na Quebra-Mar, gostar de umas pecinhas de roupa e comprá-las.
Fácil!
Benditos sejam os saldos!

domingo, 15 de janeiro de 2012

Demorei, mas finalmente percebi: depois dos óculos de sol, os vestidos are the girls best friends!

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Sou uma pessoa com tendência para o "boca rota". Por isso mesmo, e porque há situações em que é aborrecido perder a educação, tenho trabalhado com afinco naquilo que chamo de filtro.
O filtro é o que nos impede de verbalizar, indiscriminadamente, tudo aquilo que nos passa pela cabeça. É que uma das coisas que nos exigem, quando nos consideram pessoas responsáveis e relativamente educadas, é que consigamos, em tempo útil, perceber que podemos pensar tudo o que quisermos, mas nem tudo pode ser verbalizado. Uma coisa cansativa!
Bem, mas o que importa é que tenho insistido na importância e na utilidade do filtro. E o meu tem feito o seu papel. Tão bem que, neste momento, estou frustrada por não ter dito exactamente o que me passou pela cabeça. Era uma palavrão tão jeitoso!
Enfim, à conta da educação, ficamos por vezes frustrados. Só desgraças. Mas isso também já não é novidade.
Vivo, portanto, num conflito interior.
Se, por vezes agradeço pelo bendito filtro; outras vezes mais me apetece maltratá-lo, por me ter proibido de maltratar outra pessoa qualquer.
Isto de manter a educação dá muito trabalho!

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Porquê?

Ouvi dizer, uma vez, que "Porquê?" é a pergunta mais inteligente que se pode fazer.
Parece-me que recuperei a inteligência!

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

sábado, 7 de janeiro de 2012

Pablo Alborán - Perdóname (con Carminho)


Este rapaz é engraçado! Com um gosto discutível para escolher ténis, mas ainda assim, engraçado!

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Uma pedrinha, duas pedrinhas, três pedrinhas....

Problemas #1

Sou uma pessoa com problemas vários.
Tantos, que para conseguir levar uma vida aparentemente equilibrada, tive de os dividir e categorizar. Hoje (amanhã logo se vê), posso dizer que vivo com 3 categorias de problemas:
1) os que ainda considero passíveis de resolver;
2) os que, após várias tentativas, ainda não consegui resolver;
3) os que não pretendo resolver.
Ora muito bem, dentro dos problemas da categoria 3 (aqueles que me concederam o título de mau feitio, mal educada e outros mimos que tais), situa-se a falta de paciência para o lambe-botismo.
Perante lambe-botas, a minha paciência desvanece-se. A Cruela que há em mim aparece, qual experiência química, em contacto com lambe-botas.
Minha gente, não percam tempo a bajular-me, nem a desculpar os vossos erros com os erros dos outros.
Sou imune a isso.
Fazer as coisas direitinhas vai dar-vos menos trabalhinho.
Experimentem lá!
Parecendo que não, lamber botas é coisa pouco agradável de se fazer.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

- Milhares de acidentes, mortos, feridos e desgraçados;
- Crise;
- Dívida grega, portuguesa e o raio que a parta;
- Merkozy, Sarkozy, Merkel;
- Tribunais que não funcionam;
- IVA que sobe...

Tenho a dizer que aqui quem manda sou eu e, por aqui, ACABOU A CRISE, AS DESGRAÇAS E OUTRAS PORRAS QUE TAIS.
2012 vai ser o ano...
Nada de ficar à espera que as coisas corram bem. É altura de as fazer acontecer.

Deolinda - Quando chega o Natal



Agora parece-me oficial, "Deolinda" tornou-se a banda sonora de uma geração amarga e ressabiada.

domingo, 1 de janeiro de 2012

Amigo S. Pedro, temos umas galochas giríssimas e desejosas para ir passear.
Mas assim dia sim, dia não está bom, que os óculos de sol e os sapatos de bailarina também gostam de passear!

Viver sozinha + e -

O quarto esteve desarrumado a semana inteira - who cares!
O quarto esteve desarrumado a semana inteira - e agora reclamo com quem?

2012...

Se o mundo fosse perfeito, bastava-me desejar um 2012 cheio de dinheiro e boa vida.
Como o mundo não é perfeito, desejo que 2012 seja um ano sem sombra de crise, cheio de iniciativa, força e oportunidades para concretizar sonhos.
Pensando bem, se o mundo fosse perfeito, as coisas não teriam a mesma piada!
Um grande 2012 a tod@s