segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

A lista de decisões para este ano já vai longa.
E, para não variar, desconfio que não vou fazer nada daquilo.
A minha tendência para não cumprir nada do que programo já é mais do que conhecida.
Por isso, talvez seja muito mais sensato desistir de uma vez por todas de decidir o que quer que seja.
Ainda por cima, uma das decisões passava por deixar de pecar!!!!
Onde estaria eu com a cabeça quando escrevi uma coisa daquelas? Onde é que isso já se viu? O que seria da vida sem pecados?!
Decisão única: deixar de decidir o que quer que seja!

1 comentário:

googler disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.